Archive for Março, 2013

Má circulação

“O termo circulação refere-se ao movimento de um fluido ao longo de um circuito fechado. A circulação do sangue é o movimento do sangue originado pelo bombeamento do coração que o envia para as artérias. A função circulatória é, basicamente, uma função de transporte.

A circulação do sangue faz-se em dois circuitos separados anatomicamente e com funções diferentes:

  • Circulação pulmonar ou Pequena circulação pela qual são realizadas as trocas gasosas oxigénio e anidrido carbónico
  • Circulação sistémica ou Grande circulação que permite levar os nutrientes e oxigénio aos tecidos e receber os produtos finais do metabolismo para serem excretados, assim como levar as hormonas aos seus órgãos alvo.”

 — Extraído da Wikipédia —

 

Os problemas circulatórios são, nos tempos que correm, um flagelo em franco crescimento.

Cada vez mais pessoas sofrem com problemas de má circulação, para os quais contribuem a má dieta alimentar (pobre em nutrientes), falta de exercício, exposição a baixas temperaturas, sedentarismo, os longos períodos sentados à secretaria/computador, consumo excessivo de álcool e tabaco, ingestão de água insuficiente, químicos (fármacos), entre muitos outros.

É apenas um pequeno passo até surgirem problemas bem mais graves, como a obesidade, o colesterol elevado, a hipertensão arterial, as doenças cardíacas (insuficiência cardíaca, arritmias, hipertensão, doença vascular periférica, angina de peito, aneurisma da aorta e por aí diante), entupimento das artérias (placas de gordura ou pressão sobre os vasos sanguíneos), várias doenças do sangue (Hematológicas), doenças venosas (fragilidade  capilar, etc..), aterosclerose (acumulação de gordura nas paredes das artérias, arteriosclerose (obstrução das artérias coronárias), entre outras.

Como prevenir?

– O exercício físico é fundamental. Não necessita de passar horas no ginásio, basta que faça alguma actividade física, como uma simples caminhada. Ao fazê-lo estará a activar toda a circulação. A musculatura aquece e a circulação é francamente favorecida.

– Faça uma dieta alimentar rica em nutrientes. Fuja o mais possível das comidas muito processadas. Consuma muita fruta e vegetais e beba pelo menos um litro e meio de água por dia (Caso faça muito exercício esta quantidade deverá ser aumentada dada a perda de água do nosso corpo aquando do esforço). O consumo de gengibre ajuda também bastante na activação da energia uma vez que aquece o corpo. Em breve irei abordar este tema. Fique atento.

– Visto que uma deficiente circulação origina mãos e pés frios, um truque que poderá ajudar bastante é apertar as pontas dos dedos (mãos e pés).
Uma vez que os meridianos da medicina Oriental iniciam ou terminam nas pontas dos dedos, esta pressão ajuda em muito a activar a circulação. Deverá fazê-lo iniciando no polegar da mão esquerda, passando de seguida para o indicador e por aí diante até ao dedo mínimo da mesma mão, repetir o mesmo processo na mão direita. Mantenha a pressão por 3 a 4 segundos para cada dedo. Repita este processo entre 10 a 12 vezes. A pressão deve ser média/forte consoante a sua resistência à dor. Quanto maior a pressão maior o estímulo e também mais rapidamente as extremidades começarão a aquecer. Deverá sentir uma dor ligeira de modo a que a circulação seja correctamente activada. Feita correctamente esta técnica aquece rapidamente as extremidades ( mãos e pés). Este calor propaga-se por todo o membro activando assim a circulação.

Caso o seu caso seja um pouco mais extremo e as extremidades estejam muito geladas nas primeiras vezes poderá ter que aumentar o número de passagens. Com a continuação as extremidades irão aquecer cada vez mais rapidamente, sinal de que a circulação se começa a fazer mais facilmente.

A pressão deverá ser feita lateralmente à base das unhas (conforme se ilustra na imagem em anexo), tanto nas mãos como nos pés uma vez que é precisamente nessa zona que se encontram os pontos de acupunctura de todos os meridianos principais, afectos a todos os órgãos e vísceras.

Má_Circulação_Rijocomoumpero

Clique para ampliar

IMPORTANTE: Não deverá fazer apenas um dos membros, deverá fazer as referidas pressões alternado entre o membro esquerdo e o direito. Não execute a técnica as 10 a 12 vezes referidas primeiro para um dos membros e só depois para o outro. Cada passagem deverá ser executada para todos os 10 dedos e só depois recomeçar nova passagem. Faça este procedimento duas a três vezes ao dia independentemente de ter os membros frios ou não. Lembre-se de que estas técnicas são também, e acima de tudo, preventivas. O ideal para o caso dos pés é fazer de manhã e à noite uma vez que nem sempre é possível fazer durante o dia. Para as mãos é sempre mais fácil uma vez que a qualquer hora poderão fazê-lo.

PREVINA-SE! O seu corpo agradece.

ATENÇÃO: Estas indicações são para situações gerais e preventivas, pelo que se os sintomas persistirem deverá procurar ajuda de um profissional.

Nota: Todas as referências aos nomes de pontos de acupunctura têm como base a nomenclatura Japonesa, embora o ponto seja apresentado no Sistema Ryodoraku (Japonês) e também no sistema Internacional.

Anúncios

Constipação (Rinofaringite viral)

“A constipação (também conhecida por nasofaringite ou rinofaringite) é uma doença infecciosa viral do aparelho respiratório superior que afecta sobretudo a cavidade nasal. Os sintomas incluem dores de garganta, tosse, muco nasal, dores no corpo e por vezes febre, que normalmente desaparecem ao fim de sete a dez dias, embora alguns dos sintomas se manifestem até três semanas… Um indivíduo adulto pode contrair em média entre duas a três constipações por ano e uma criança pode contrair a doença entre seis a doze vezes por ano.”

– Extraído da Wikipédia –

Muitos dos meus pacientes me perguntam como se poderão proteger de constipações, gripes e afins. Costumo ensinar-lhes um pequeno truque que tanto funciona como prevenção como tratamento.

Segundo a medicina Oriental existe um ponto na região entre as omoplatas, a que se dá o nome de “Porta do Vento “ ou “Portal do Vento”. Este ponto é o F4-43 – FUMON (B12), que pertence ao Meridiano da Bexiga e fica localizado entre a 2ª e 3ª vértebras dorsais, dois dedos lateralmente à linha média posterior. Quando este ponto é exposto ao frio ou humidade o nosso organismo é afectado por eles e fica mais debilitado e mais facilmente contrai a doença.

O objectivo é retirar este frio/humidade que penetra no ponto e assim aliviar/eliminar os sintomas. Este pequeno truque tem como função uma resposta imunitária bastante rápida e eficaz por parte do organismo.

Como prevenir?
Tento em conta que praticamente 90% das constipações acontecem com tempo frio deverá começar a prevenir estas situações logo a partir do início do Outono.

Primeiramente deverá ter a zona do pescoço o mais protegida e quente possível. Recorra ao uso de um cachecol, por exemplo, ou de roupa com carapuço, se preferir.
Assim, garante que mais dificilmente o ponto (F4-43/B12 – FUMON) estará exposto às condições climatéricas adversas.

No entanto, nem sempre nos é possível prevenir desta forma, assim aconselho que quando exposto ao frio/humidade, ao chegar a casa tome um banho quente deixando a água quente escorrer pelo pescoço e ao longo da coluna para provocar um aquecimento da zona posterior do pescoço e a área imediatamente abaixo (entre as omoplatas). Ver imagem abaixo.

De seguida, deverá ainda aquecer bem esta zona com o secador de cabelo por forma a eliminar qualquer a humidade ou frio que possam ter ficado alojados nesta área.

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Porque resulta o calor nesta zona?
O Ponto F4-43/B12 é indicado no caso de infecções das vias respiratórias superiores, bronquite aguda e crónica, vento e frio, tosse, entre outras.

Ao aquecer toda esta zona irá estar a estimular não só o ponto F4-43/B12, mas também outros pontos igualmente importantes e que trabalham em conjunto com este proporcionando um resultado muito mais eficaz, como poderá constatar abaixo:

  • HM20 – DAITSUI (VG14) – (Ponto do Meridiano Vaso Governador) – Situado na linha média posterior, entre a 7ª vértebra cervical (C7) e a 1ª Dorsal (D1). Indicado para alívio de dores de cabeça e tensão da cervical, tonturas, fortalecimento da energia Wei Qi (Energia de Defesa), elimina o Calor patogénico de todos os meridianos Yang, ajuda a baixar a febre, entre muitas outras situações.
  • HM19 – TODO (VG13) – (Ponto do Meridiano Vaso Governador) – Situado na linha média posterior, entre a 1ª e 2ª vertebras Dorsais (D1-D2). Ponto responsável por controlar o vento interno e fortalecer e difundir o Qi (energia) do Pulmão, entre outras.
  • HM17 – SHINCHU (VG12) – (Ponto do Meridiano Vaso Governador) – Situado na linha média posterior, entre a 3ª e 4ª vertebras Dorsais (D3-D4). Ponto responsável por controlar harmonizar, tonificar, e facilitar o fluxo do Qi do Pulmão, interromper a tosse, aliviar a asma, eliminar o vento interior, relaxar tendões e músculos e acalmar espasmos, entre outras.
    NOTA: Muito útil também no tratamento de todas as patologias das crianças.
  • HM15 – SHINDO (VG11) – (Ponto do Meridiano Vaso Governador) – Situado na linha média posterior, entre a 5ª e 6ª vertebras Dorsais (D5-D6). Ponto responsável por controlar e eliminar o vento, eliminar a mucosidade, reduzir a febre, entre outras.
  • HM14 – REIDAI (VG10) – (Ponto do Meridiano Vaso Governador) – Situado na linha média posterior, entre a 6ª e 7ª vertebras Dorsais (D6-D7). Ponto responsável por aliviar a tosse e asma, reduzir a febre, descongestionar a energia do tórax, entre outras.
  • HM13 – SHIYO (VG9) – (Ponto do Meridiano Vaso Governador) – Situado na linha média posterior, entre a 7ª e 8ª vertebras Dorsais (D7-D8). Ponto responsável por facilitar o fluxo do Qi do Pulmão, tratar a tosse, expandir o tórax e diafragma e aliviar a sensação de sufocação torácica, ajuda também a reduzir a febre, entre outras.
  • F4-44 – DAIJO (B11) – (Ponto do Meridiano da Bexiga) – Situado entre a 1ª e 2ª vértebras dorsais (D1-D2), dois dedos lateralmente à linha média posterior . Indicado para expulsar o vento patogénico e o frio, alivia a rigidez da coluna e articulações em geral, dores lombares, dores na escápula, dor de cabeça, tosse, calor no peito, entre outras.
  • F4-42 – HAIYU (B13) – (Ponto do Meridiano da Bexiga) – Ponto de Assentimento do Pulmão, situado entre a 3ª e 4ª vértebras dorsais (D3-D4), dois dedos lateralmente à linha média posterior. Indicado também infecções das vias respiratórias superiores, asma, doenças dos pulmões (por exemplo, a pneumonia), entre outras.

IMPORTANTE: De salientar que a nível de tratamento este deverá ser efectuado durante as primeiras 24h seguintes ao aparecimento dos primeiros sintomas. Só assim se poderá garantir a eficácia pretendida.

PREVINA-SE! O seu corpo agradece.

CUIDADO: Visto que o secador é uma fonte de calor seco bastante forte a zona deverá ser aquecida com o maior cuidado para evitar queimaduras. No caso das crianças o cuidado deverá ser redobrado, pois a sua pele é muito mais sensível que a de um adulto.

ATENÇÃO: Estas indicações são para situações gerais e preventivas, pelo que se os sintomas persistirem deverá procurar ajuda de um profissional.

Nota: Todas as referências aos nomes de pontos de acupunctura têm como base a nomenclatura Japonesa, embora o ponto seja apresentado no Sistema Ryodoraku (Japonês) e também no sistema Internacional.