Shiatsu


SHIATSU

Shiatsu

Shiatsu é uma palavra Japonesa .
SHI” significa DEDO e “ATSU” pressão;
podendo traduzir-se como “pressão com o dedo“.

Das várias vertentes de Shiatsu existentes as mais conhecidas são o Shiatsu Namikoshi e o Zen-Shiatsu.

  • A Terapia Shiatsu Namikoshi, foi desenvolvida por Tokujiro Namikoshi, ao tratar a sua mãe com a pressão dos polegares e das palmas das mãos, por volta de 1912, nesta altura ainda conhecida por Appaku (Pressão). Só mais tarde viria a obter o nome de Shiatsu. Foi só em 1940 que Namikoshi criou a primeira associação de Shiatsu, a  Associação Japonesa de Shiatsu. No entanto só em 1955 é que o Governo Japonês reconhece a Terapia Shiatsu em conjunto com a massagem Anma, sendo só reconhecida como terapia autónoma em 1957. Decorria o ano 1964 quando o Shiatsu foi oficialmente reconhecido pelo Ministério de Saúde e Bem-estar no Japão.
  • A Terapia Zen Shiatsu, foi desenvolvida por Shizuto Mazunaga, formado no ano de 1959 pelo Colégio Japonês de Shiatsu. Em 1968 abriu o seu Instituto. Foi só na década de 70 que o estilo Zen Shiatsu se tornou popular e grangeou um dos lugares cimeiros de popularidade da Terapia. É o autor do livro “Shiatsu” traduzido para o Ocidente pelo seu discípulo Wataru Ohashi como “Zen Shiatsu” em 1977.

O Shiatsu, normalmente definido como uma “Massagem Oriental”, é muito mais que uma simples massagem.

É uma terapia de reequilíbrio físico, energético e mental. Actua através de pressões que efectuadas em determinadas áreas e pontos do corpo. Estes pontos são chamados de “TSUBOS“.

Quando combinado com outras terapias, como a Acupunctura, por exemplo, o Shiatsu é usado inclusivée para curar doenças.

Actuando sozinho ajuda a aumentar o nível de energia do paciente, fortalecer e regular o funcionamento dos órgãos e estimular a resistência às doenças. O Shiatsu tem um efeito acima de tudo preventivo e regulador, no entanto é também bastante usado como tratamento.

É verdade que o Shiatsu alivia dores do corpo e dá conta de pequenos distúrbios orgânicos, mas o grande potencial do Shiatsu está em capacitar ao paciente a consciência do seu próprio corpo. O corpo armazena sentimentos, emoções, reflecte o nosso estado físivo, mental e emocional. Termos o nosso corpo tocado é uma experiência forte. O Shiatsu desperta no paciente uma nova consciência de si próprio.

Quando se toca uma área ou um ponto onde a energia está bloqueada, o bloqueio dissolve-se através do trabalho das mãos. Esse trabalho de harmonização do fluxo energético traz ao paciente uma sensação de equilíbrio interno, de leveza e bem-estar.

Quem experimenta e sente, compreende e muito dificilmente deixa de continuar a receber esta massagem terapêutica. Ninguém fica indiferente a uma boa massagem Shiatsu.

SHIATSU em crianças

O Shiatsu é uma terapia altamente recomendada para as crianças. Regra geral todas as crianças gostam de massagem e brincando vai-se estimulando o organismo da criança desde pequeno e corrigindo pequenos distúrbios que possam haver. Entre outras, poderá ajudar a reforçar o sistema imunitário, resolver problemas respiratórios – como a asma, a acalmar aquelas crianças mais activas, promover a concentração entre muitas outras.

Características do SHIATSU:

  • Diagnóstico e terapia combinados. A aplicação de pressão capacita o terapeuta a tratar de acordo com as condições do corpo
  • Não exige qualquer dispositivo ou medicamento. Só se usam as mãos
  • Não produz efeitos colaterais
  • Não há limites de idade
  • Funciona como barómetro de saúde, ajuda a detectar irregularidades e a prevenir fadiga e a doença
  • Trata o corpo como um todo
  • Trata a origem da doença, não apenas o sintoma. Tratando a origem o sintoma desaparece

Efeitos do SHIATSU:

  • Flexibiliza a pele
  • Melhora o sistema circulatório ( ajuda e muitas vezes recupera os sintomas de má circulação – extremidades frias )
  • Flexibiliza o sistema muscular
  • Ajuda à recuperação do equilíbrio do sistema ósseo
  • Facilita as funções do sistema digestivo
  • Melhora o controlo do sistema endócrino
  • Regula as funções do sistema nervoso ( extremamente calmante e relaxante )

Condições em que a terapia SHIATSU não deve ser aplicada:

  • Doenças contagiosas
  • Apendicite, Cirrose do fígado, leucemia, cancro, pancreatite, úlceras duodenais
  • Febre alta imediatamente após cirurgias, debilidade física extrema, doenças infecciosas da pele

Cuidados a ter em conta antes de receber uma terapia SHIATSU:

  • Não ingerir comidas pesadas pelo menos nas duas horas anteriores à massagem
  • Informar sempre o terapeuta de possíveis problemas ósseos ( hérnias, escoleoses,… )
  • Trazer roupa confortável. Por exemplo calças de fato de treino, T-Shirt e meias

Se ainda não experimentou, estou ao seu dispor. Terei todo o prazer em lhe proporcionar bons momentos de relaxamento com uma bela terapia de Shiatsu.

 
Gostou? Não se esqueça de deixar o seu comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: