Alimentos ricos em Vitamina E

Alimentos Ricos em Vitamina E

Os alimentos ricos em vitamina E são, na sua maioria, alimentos de origem vegetal, como sementes de girassol, óleo de germen de trigo, amêndoas, espinafres, abacate, espargos e kiwi.
No entanto, a gema do ovo, o fígado e a gordura da carne também são ricos nesta vitamina.

A Vitamina E desempenha algumas das mais importantes funções biológicas no nosso organismo. A função antioxidante (previne a propagação dos radicais livres), expressão genética (crescimento de tecido), enzimática (crescimento muscular), sinalização celular (impede a oxidação de ácidos gordos polinsaturados, ou seja metabolismo antioxidante) e neurológica (inibição e de agregação de plaquetas).

 A Vitamina E é largamente utilizada em produtos para a pele pois hidrata-a, favorece a cicatrização e ajuda na redução de cicatrizes.

 A Vitamina E está presente em grandes quantidades em alimentos como sementes de girassol, amêndoas, espinafre, papaia e espargos. A vitamina E é muito útil na protecção contra a oxidação em tecidos gordos.

Função da vitamina E

A Vitamina E ou Tocoferol, como é tecnicamente chamada, é um poderosissimo antioxidante com propriedades de anti-envelhecimento celular, extremamente importantes na manutenção do sistema nervoso, da fertilidade feminina e masculina, devido a esta última é conhecida como a vitamina da fertilidade. Ela é também indicada para mulheres em tratamento para engravidar, com o intuito de evitar abortos.

É uma vitamina lipossolúvel e que está relacionada a terapias/tratamentos anti-
-envelhecimento.

A vitamina E, também é responsável por melhorar a absorção da vitamina A.

Excesso de Vitamina E

Os efeitos tóxicos, pela hipervitaminose da vitamina E, são raros. No entanto, podem causar irritação na pele, após aplicação tópica, ou irritação no local da injecção intramuscular.

Estudos anteriores indicavam que a vitamina E e o selénio ajudam a prevenir o câncer de próstata. No entanto, estudos recentes efectuados por pesquisadores americanos, revelaram exactamente o contrário. A dose usada no estudo é quase 20 vezes superior à dose recomendada diária ( 22,4 UI). Este estudo foi efectuado em 35 mil homens na faixa dos 50 anos.

Efeitos da Vitamina E no organismo:

  • Efeito Antioxidante. Este é talvez o benefício mais conhecido da Vitamina E. Talvez por isso seja tão associada à juventude e beleza da pele.
  • Reforço do Sistema Imunitário. O seu efeito sobre o sistema imunitário é comprovado, pois aumenta a produção de células de defesa e a resposta celular perante qualquer infecção. É um grande aliado quando se trata de doenças virais.
  • Ajuda em grande medida uma cicatrização adequada, pois fomenta a formação de fibras elásticas e de colagéneo, sendo particularmente benéfica em caso de queimaduras.
  • Protege as membranas biológicas dos nervos, do sistema cardiovascular e dos músculos. Também prolonga a vida dos glóbulos vermelhos e tem um papel essencial ajudando o nosso organismo na absorção e utilização da vitamina A.
  • Beneficia os órgãos internos. Alguns órgãos recebem directamente as propriedades da Vitamina E. O pulmão é um exemplo disso, diminuindo os efeitos nocivos do fumo do tabaco. Outro exemplo é o fígado, pois faz o mesmo com os efeitos do álcool e, no coração, ajuda a prevenir problemas coronários devido a colesterol e tensão arterial elevados. Combate a degeneração celular no nosso cérebro.
  • É também um bom diurético e favorece quem sofre de problemas de circulação, diminuindo as cãibras e a sensação de excesso de peso, pois protege o nosso corpo contra a oxidação.
  • Tem um importante papel na prevenção de cãibras.
  • Evita a fadiga

Carência de Vitamina E

A carência da vitamina E está relacionada a problemas do aparelho reprodutor tanto do homem como da mulher, problemas do sistema nervoso e distrofias musculares. Segue uma lista problemas que podem estar relacionados com Carência de Vitamina E no organismo:

    • Infertilidade
    • Dificuldade de engravidar
    • Aborto
    • Queda de cabelo
    • Pele e cabelos secos e sem vida
    • Taquicardia
    • Menopausa precoce
    • Quistos na mama
    • Cansaço excessivo
    • Desânimo
    • Enfarte do miocárdio
    • Arteriosclerose
    • Doença vascular periférica (quadro clínico no qual as artérias das pernas sofrem obstrução ou oclusão)
    • Embolia
    • Trombose
    • Tendinite
    • Tromboflebite
    • Cãibras
    • Agregação plaquetária
    • Dificuldades na cicatrização
    • Má absorção nutricional

Quando evitar a Vitamina E

Evitar a ingestão em demasia da Vitamina E em casos de problemas de coagulação, hemofilia, em mulheres grávidas e/ou a amamentar.

Vitamina E engorda?

A vitamina E não engorda, uma vez que não está envolvida no metabolismo energético. No entanto, pode ser encontrada em alimentos naturalmente mais gordurosos, como azeite, óleos, carnes gordas, nozes, amêndoas e avelãs, que são alimentos muito calóricos e, quando consumidos em excesso, podem favorecer o ganho de peso.

Um adulto saudável deve ingerir, diariamente, 10 a 15mg de Vitamina E, o equivalente a cerca de 50g de nozes, amêndoas ou avelãs, por dia, por exemplo.

Vitamina E no tratamento e prevenção de Alzheimer e Parkinson

Estudos recentes demonstram que o stress oxidativo pode contribuir para o processo patológico da Doença de Alzheimer. A doença de Alzheimer é caracterizada principalmente por um quadro de demência progressivo com comprometimento inicial da memória relativa a para factos recentes, seguindo-se a deterioração das funções cognitivas. De salientar que o stresse oxidativo e o acúmulo de radicais livres estejam envolvidos na fisiopatologia da doença em resultado da peroxidação lipídica excessiva, que pode acelerar a degeneração neuronal. Assim, a vitamina E (composto nutricional que funciona como um antioxidante responsável pela anulação dos radicais livres no organismo), tem sido de grande interesse na utilização durante o tratamento desta doença.

Foi também recentemente publicado revista Lancet Neurology que uma dieta rica em vitamina E pode proteger contra a Doença de Parkinson, de acordo com estudo da Universidade de Queen, no Canadá.

 

Principais fontes de Vitamina E

 Alimentos Ricos em Vitamina E

 

Gostou? Aproveite e deixe o seu comentário!

Posts Relacionados:

Alimentos ricos em Vitamina C

Alimentos ricos em Cálcio

Limão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: