Posts tagged ‘cancro’

AÇAÍ – Uma benção da Natureza

AÇAÍ – Uma benção da Natureza

açaí

Hoje gostaria de vos falar de uma verdadeira Benção da Natureza, considerada a única fruta realmente completa, na natureza. O AÇAÍ.

O Açaí é uma fruta que cresce em cachos, provenientes da palmeira Euterpe oleracea, conhecida como açaizeiro, que pode atingir de 12 a 25 metros de altura e nativa das Américas Central e do Sul, principalmente na Floresta Amazónica do Brasil.

O Açaí é pequeno no tamanho, mas gigante nas propriedade que encerra. De cor púrpura escura o açaí é composto principalmente de sementes, na verdade cerca de 90% do Açaí são sementes e coberto de uma pequena quantidade de celulose – de salientar que a semente do Açaí não se come.

Dos nutrientes presentes no Açaí, destacam-se:

  • Vitaminas B1, B2, B3
  • Vitamina C
  •  Vitamina E
  • Fibras
  • Ferro
  • Magnésio
  • Cálcio
  • Aminoácidos
  • Ómega-3
  • Ómega-6
  • Ómega-9

Além disso, o Açaí possui um elevado teor de antocianinas e polifenóis (antioxidantes),  que combatem inflamações e infecções bacterianas e o envelhecimento precoce. Este alto teor de antocianinas presentes no Açaí permite combater o envelhecimento prematuro e previne sérias doenças degenerativas.

Os antioxidantes são as substâncias que protegem as nossas células contra a oxidação causadas pelos radicais livres. Os radicais livres podem danificar partes importantes das células, podendo criar mutações (alterações genéticas) do ADN, nutações estas que não sendo eliminadas dão origem a problemas gravíssimos de saude como os vários tipo de Cancro.

Açaí é muito rico em vitamina C e ácido elágico, combinação que se tem verificado ajudar a suprimir o crescimento do cancro. Os compostos polifenólicos extraído de Açaí inibem a proliferação de células cancerosas em 56-86%.

Pensa-se que os fitoquímicos do Açaí podem  interromper o processo de carcinogénese a nível molecular, matar células tumorais antes de se multiplicar. Auxilia na prevenção do cancro de próstata.

Extremamente elevado em muitas formas de fitoquímicos vegetais (antioxidantes), o Açaí pode contribuir para a capacidade de diminuir ou reverter processos típicos do envelhecimento relacionados à inflamação e dano oxidativo celular. Na verdade, o Açaí é uma das fontes mais completas de antioxidantes, e detém até dez vezes mais antioxidante que as uvas.

Açaí é também muito conhecido pelas suas capacidades de regeneração muscular, depurativas, estimulantes e energéticas proporcionando mais força e resistência, aliado ao facto de ser um dos alimentos com maior poder antioxidante (capacidade de eliminar os radicais livres) é amplamente utulizado pela comunidade desportiva inclusivée de alta competição.

Ajuda a controlar o colesterol e a diabetes.

Açaí é também bastante benéfico para a função metabólica (transformação dos alimentos no corpo), para os ossos e músculos e fortalecimento do sangue.

Devido ao seu grande conteúdo em fibras ajuda ao bom funcionamento do aparelho digestivo, reduzindo o colesterol e evitando as doenças do cólon.

Contém os ácidos gordos essenciais Omega 3, 6 e 9 que ajudam na regeneração das células, na redução do colesterol e nos problemas cardíacos. Estas são as gorduras benéficas ao nosso organismo e são muito importantes para a nossa saúde. Ao contrário de muitos outros compostos, são considerados “essenciais” porque o nosso organismo não as consegue fabricar, apesar de estarem envolvidas em funções vitais para o ser humano, especialmente na estrutura das membranas celulares e na síntese das prostaglandinas, lecitina e mielina (compostos essenciais no corpo). Estes ácidos gordos essenciais têm um papel importante para manter baixos os níveis de colesterol e triglicéridos, para a estabilização do ritmo cardíaco, para manter limpas as artérias e nivelar a pressão arterial. Para além do mais regulam as hormonas prostaglandinas que por sua vez  ajudam o organismo na distensão dos vasos sanguíneos e a diminuir a possibilidade de formação de coágulos sanguíneos. Alguns autores não consideram o Omega 9 como essencial, porque o nosso organismo o pode produzir em pequenas quantidades; de qualquer forma está associado à redução da arteriosclerose, reduz a resistência à insulina e, desta forma, equilibra a glucose.

O Açaí é rico em vitaminas A e C, também estas potentes antioxidantes que fortalecem o sistema imunitário (defesas do corpo), a pele e a formação de glóbulos vermelhos.

Contém o complexo de vitaminas B que permite que os nutrientes dos alimentos sejam melhor aproveitados ao entrarem no organismo, dando-lhe assim mais energia.

O Açaí é extremamente rico em proteínas orgânicas vegetais (tem mais proteínas que o ovo) que não produzem colesterol durante a sua digestão e é de mais fácil assimilação pelo nosso organismo que as proteínas animais (do leite, ovo ou carne).

Conhecido por nutricionistas como um ótimo alimento, o Açaí pode ajudar não só na redução de peso, como também manter uma forma saudável. Um estudo interessante do Instituto Nacional do Envelhecimento – Brasil descobriu que polpa do Açaí tem a capacidade de reduzir os efeitos negativos de uma dieta rica em gordura.

Promove a saúde da pele – Atualmente, muitos produtos de beleza modernos têm na sua composição óleo de Açaí, devidos aos seus poderes antioxidantes. Tomado internamente, os frutos também pode dar a sua pele um brilho mais saudável .

Ajuda com problemas digestivos – O consumo do açaí também ajuda a manter nosso sistema digestivo limpo e em óptmo funcionamento, dado o alto teor em fibras presente no Açaí.

Devido às suas propriedades anti-inflamatórias pode ajudar no combate às reações alérgicas.

Melhora a função mental – Estudos preliminares mostram que o Açaí pode impedir o desequilíbrio mental em mulheres na menopausa.

Outra das suas caracterrísticas é a elevação de circulação do sangue total no corpo humano, um fenómeno que pode contribuir para um aumento do desejo sexual, especialmente para os homens. Isso faz do Açaí um fruto Afrodisíaco.

Informação Nutricional do AÇAÍ

Açaí

Onde encontrar o AÇAÍ ?

Apesar de amplamente conhecido no Brasil, em Portugal não é de todo fácil encontrar esta preciosidade da natureza, até porque é uma fruta bastante perecível sendo que o seu tempo máximo de conservação, mesmo sob refrigeração, é de 12 horas. O fator responsável por esta alta perecibilidade é a elevada carga microbiana, juntamente com a degradação enzimática, responsáveis pelas alterações de cor e aparecimento do sabor azedo. Atualmente, a conservação da polpa de açaí é feita pelo processo de congelamento, o que agrega um elevado custo ao produto.

Açaí - AçaVieTendo isto em consideração uma companhia Americana – Monavie, desenvolveu um processo de liofilização a frio patenteado (conhecido como OptiAçai) dando origem a um produto de qualidade premium (AçaVie),  que garante a integridade e conservação de todas as propriedades do Açaí desde a sua colheita até ao consumidor.

AçaVie da MonaVie é composto de uma mistura de 19 frutas que fornece uma grande variedade de antioxidantes, fitonutrientes, que ajudam na manutenção da boa saúde, inibindo os radicais livres.

O Açaí tem um papel importante neste processo, pois é a fruta com maior pontuação ORAC (acrónimo para “Oxygen Radical Absorbance Capacity”, ou capacidade de absorção dos radicais oxigenados) entre todas as outras frutas e vegetais testados até à data. Devido a esta fruta e às propriedades surpreendentes nutricionais que detém, a pesquisa mostrou que, por liofilização da baga, a maioria, se não todos os fitoquímicos potentes podem ser retidos por oposição a outras formas de processos de secagem.

Este processo garante que os produtos Monavie detenham a mais elevada qualidade do mercado.

Este é sem dúvida um suplemento a considerar na sua dieta alimentar. Em breve analizarei todos os produtos da Monavie. esteja atento.

 

Entretanto deixo-vos um video onde poderão obter já alguma informação:

 

Caso tenha necessidade deste produto entre em contacto comigo, por aqui ou para o meu e-mail (victor.ferreira@corpozen.pt).

 

Gostou? Aproveite e deixe o seu comentário!

Posts Relacionados:

Alimentos ricos em Vitamina E

Alimentos ricos em Vitamina C

Alimentos ricos em Cálcio

Anúncios

Alimentos ricos em Vitamina C

Alimentos ricos em Vitamina C

Alimenmtos ricos em vitamina C

A vitamina C (ácido ascórbico) é um poderoso antioxidante que ajuda no combate aos radicais livres, acabando por ter um papel importantíssimo no anti-envelhecimento, tanto na dieta alimentar como para utilização tópica na pele.

Como o corpo humano não consegue produzir a Vitamina C, é necessário que ela seja ingerida através de uma dieta alimentar equilibrada.

Uma das importantes funções da vitamina C é favorecer o processo de cicatrização e também permitir a absorção do ferro presente nos alimentos de origem vegetal, sendo muito importante no tratamento da anemia ferropriva (carência de ferro) e na manutenção do colagéneo de pele e das cartilagens que mantêm as células firmes e unidas. Além disso, ela melhora as defesas do organismo e ajuda no combate a infecções.

A Ingestão diária recomendada de Vitamina C é de 60mg.

Efeitos da Vitamina C no organismo:

  • Aumenta a imunidade;
  • Desempenha um papel muito importante na síntese de colagéneo (proteína que forma fibras de tecido conjuntivo), e tem um papel activo na formação e manutenção de todos os tecidos em que este está envolvido: ligamentos, cartilagem, paredes dos vasos sanguíneos, especialmente os capilares, dentes e ossos;
  • Ajuda na prevenção das doenças cardiovasculares;
  • Previne gripes e constipações, infecções e fraqueza muscular;
  • Ajuda a reduzir a carga de metais pesados no organismo, desintoxica o chumbo, mercúrio, cádmio, arsénico e níquel, especialmente quando tomado em associação com o zinco e magnésio;
  • Ajuda o sistema imunitário e a respiração celular, protege os vasos sanguíneos e estimula as glândulas supra-renais;
  • É muito importante para o funcionamento adequado dos glóbulos brancos (leucócitos) do sangue É eficaz contra doenças infecciosas e um importante suplemento no caso de cancro;
  • A vitamina C tem um efeito psicoregulador, ajuda a acalmar a ansiedade e a insónia;
  • Regenera a Vitamina E oxidada, mantendo a integridade das membranas celulares;
  • Potencia a absorção do ferro;
  • Ajuda a evitar a depressão;
  • Combate eczema e psoríase;
  • Ajuda a combater a anemia;
  • Protege o organismo contra os efeitos nocivos da poluição;
  • Previne a aterosclerose;
  • Evita a formação de hematomas;
  • Promove a correcta coagulação do sangue;
  • Acelera a cicatrização de feridas e de queimaduras;
  • Alguns estudos revelam que é também útil na resolução de problemas de infertilidade.

De notar que a vitamina C (ácido ascórbico) é extremamente instável. Ela reage com o oxigénio do ar, com a luz e até mesmo com a água. Assim que é exposta dão-se início reações químicas que a destroem, daí que o sumo de laranja ou limonada (ambos com alto teor de Vitamina C) fiquem com um sabor estranho quando não consumido de imediato. É estimado que, no prazo de uma hora, mais ou menos, quase que a totalidade do conteúdo vitamínico já reagiu e desapareceu, por isso é importante consumir a frutas ou os sumos naturais na hora. Assim, garantimos que o teor de Vitamina C está garantido. Normalmente presente em frutos ácidos devido ao facto de a presença de ácido ser um factor estabilizador para a vitamina C.

Carência de Vitamina C

À carência de Vitaminas dá-se o nome de avitaminose. No caso da carência de Vitamina C esta é designada por escorbuto.

A falta de vitamina C, pode ainda originar gengivite, hemorragias nasais, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, cancro, cataratas e gota.

Quando evitar a Vitamina C

Não deve tomar Vitamina C em forma de suplementos quando apresentar problemas renais. No entanto, para a população em geral, esta deve ser consumida diariamente, pois não é armazenada no organismo.

Sintomas de Falta de Vitamina C

Ficar marcado com uma mancha roxa na pele sempre que esbarrar em algo pode ser um sintoma causado pela falta de vitamina C no organismo.

Outros sintomas de falta de vitamina C são:

  • Ficar marcado com nódoas negras facilmente;
  • Propensão para o desenvolvimento de gripes e constipações, bronquites, pneumonias;
  • Gengivas sensíveis que sangram aquando da escovagem dos dentes;
  • Hemorragia nasal frequente;
  • Anemia ferropriva, pois a vitamina C ajuda a absorver melhor o ferro;
  • Apatia, ficar sem vontade de fazer nada;
  • Sintomas depressivos e de ansiedade;
  • Cicatrização lenta de ferimentos;
  • Aparecimento de pequenas varizes.

Principais fontes de Vitamina C

Alimentos Ricos em Vitamina C-Tabela de Quantidades por alimento

 

Gostou? Aproveite e deixe o seu comentário!

Posts Relacionados:

Alimentos ricos em Cálcio

Limão

Alimentos que combatem o cancro

Alimentos que combatem o cancro

Alimentos que combatem o cancro

O cancro surge devido a um erro que ocorre na multiplicação das células. Todas as células do corpo se multiplicam constantemente sendo que as novas células geradas devem ser sempre iguais as células que lhes deram origem.

Quando a célula “filha” se torna diferente da célula “mãe”, é porque ocorreu uma mutação genética e então surge o chamado cancro. Essa mutação genética pode ser causada por motivos internos, como doenças, ou por motivos externos, como o ambiente.

Dependendo de como ocorreu esta alteração, o cancro poderá ser benígno ou malígno.

Em breve abordarei o caso do cancro com mais detalhe.

Está cientificamente comprovado que existem alguns alimentos que combatem o cancro. Os alimentos com propriedades anti-cancerígenas são aqueles que conseguem evitar o aparecimento e ajudam a combater o cancro devido o seu poder antioxidante.

Alimentos que combatem o cancro

Seguem alguns exemplos:

    • Alho
    • Gengibre
    • Cogumelo Shitake
    • Cebola
    • Abóbora
    • Alho Francês
    • Couve de Bruxelas
    • Couve flôr
    • Algas
    • Bróculos
    • Mirtilo
    • Morango
    • Framboesa
    • Romã
    • Ameixa
    • Pêssego
    • Damasco
    • Aveia
    • Tomate
    • Acerola
    • Peixe
    • Chá verde
    • Cebola Roxa,
    • Cúrcuma
    • Pimenta
    • Cenoura

GengibreUm dos alimentos que possui uma grande acção anticancerígena é o Gengibre, de que já aqui falei. Pode ver o artigo sobre o Gengibre aqui.

Recentes estudos científicos vêm agora conferir um maior protago- nismo a esta raíz, relativamente à prevenção e tratamento do cancro.

Recentemente foi efectuado um estudo, pela Drª Gail B. Mahady, PhD, professora assistente de Farmácia da Universidade de Illinois, no centro médico da Universidade de Mariland, onde foram efetuados estudos de laboratório que confirmam que várias substâncias presentes no gengibre têm a capacidade de eliminar células cancerígenas em tubos de ensaio. Desta forma, o gengibre, entra na família dos alimentos que combatem o cancro.

Vejamos o que a Drª Gail B. Mahady, PhD apurou, neste estudo:

  • O Gengibre inibe enzimas 5-LO, sem estas enzimas, o cancro de próstata morre.
  • O gingerol (um extrato presente no gengibre) inibe o crescimento do cancro do pâncreas, além de inibir o crescimento da bactéria Helicobacter pylori, que está associado a úlcera péptica alguns tipos de gastrite e ao desenvolvimento de cancro do estômago e do cólon. O gingerol inibe ainda a adesão, invasão e mobilidade de cancro da mama e favorece a eliminação das células cancerígenas mamárias.
  • É um poderoso anticancerígeno contra leucemia.
  • Promove a morte das células do cancro do pulmão.
  • Aumenta significativamente o índice de timo, do baço, a percentagem de fagocitose, melhorando assim as funções imunitárias relacionados com os tumores
  • Inibe o crescimento das células cancerígenas do cancro dos ovários.
  • O 6-shogaol (componente do gengibre) induz a morte das células cancerígenas.

O melhor para uma vida saudável é um prato bem colorido com alimentos saudáveis e não processados. Esta é a melhor forma de combater e prevenir as diversas formas de cancro.

Existe ainda uma substância amplamente estudada que ajuda também a previenir e a tratar vários tipos de cancro. Esta substância é o FUCOIDAN, presente em várias espécies de algas, como por exemplo, mozuku, kombu, wakame, and hijiki.

Alimentos que combatem o cancro

Como suplemento natural costumo recomendar aos meus pacientes um produto da companhia Agel Enterprises que tem tido um óptimo resultado em casos de cancro. O seu nome: Agel UMI. Além de combater as células cancerígenas, provocando a sua apoptose, é óptimo também para reforço do sistema imunitário, que nestes casos se encontra sempre bastante debilitado. Saiba mais sobre o Agel UMI aqui (em português) ou aqui (em inglês).

Veja abaixo um video sobre o produto Agel UMI.

Caso tenha necessidade deste produto entre em contacto comigo, por aqui ou para o meu e-mail (victor.ferreira@corpozen.pt).

Em contrapartida os alimentos ricos em açúcares, gordura e carboidratos, bolos, bolachas e carnes vermelhas gordas são responsáveis por tornar acidificar o sangue, inflamar as células e desequilibrar o colesterol e a insulina, devendo por isso ser evitados.

Gostou? Aproveite e deixe o seu comentário!

Posts Relacionados:

Gengibre

Abóbora